Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Poderão Rússia e Japão governar Curilas em conjunto?

© Sputnik / Alexander Liskin / Abrir o banco de imagensIlhas Curilas
Ilhas Curilas - Sputnik Brasil
Nos siga no
O representante oficial da chancelaria japonesa, Yasuhisa Kawamura, desmentiu as informações de que Tóquio intenciona discutir com Moscou o governo conjunto das Ilhas Curilas do sul, informou a agência Reuters.

Vista pela ilha Iturup - Sputnik Brasil
Chancelaria: Rússia não intenciona mudar posição sobre Ilhas Curilas
Na segunda-feira (17), o jornal japonês Nikkei informou que o Japão tenciona propor à Rússia o governo conjunto das Curilas do sul. Segundo as informações da publicação, o primeiro-ministro Shinzo Abe, queria levantar a questão no encontro com o presidente russo Vladimir Putin que será realizado na prefeitura de Yamaguchi. O Nikkei afirmou que Moscou está parcialmente a par de planos de Tóquio.

"Desmentimos as informações do jornal Nikkei, segundo as quais o Japão e a Rússia estariam a discutir o governo conjunto dos territórios setentrionais (como são denominadas no Japão as quatro Ilhas Curilas)", disse Kawamura à agência.

"A posição do Japão, que consiste em que o Japão concluirá o acordo de paz com a Rússia sobre a resolução da questão a soberania das quatro ilhas setentrionais, não foi alterada", acrescentou.

Primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe - Sputnik Brasil
Premiê japonês: Relações do Japão com Rússia não dependem dos EUA
O secretário-geral do governo japonês Yoshihide Suga também disse à agência Bloomberg que não se planeja organizar uma administração conjunta dos territórios.

O problema das Ilhas Curilas ofuscou durante muito tempo as relações entre a Rússia e o Japão.

Tóquio reclama as ilhas Iturup, Kunashir, Shikotan e Khabomai, referindo-se ao Tratado de Shimoda sobre comércio e fronteiras assinado em 1855. Por sua parte, Moscou considera que Ilhas Curilas do sul foram incorporadas na União Soviética em resultado da Segunda guerra Mundial e que a soberania da Rússia, que tem a formalização jurídica internacional adequada, não pode ser contestada. O Japão incluiu a devolução das Ilhas como condição para o acordo de paz com a Rússia, que desde o fim da Segunda Guerra Mundial ainda não foi assinado.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала