Embaixador: Rússia ficará na Síria o tempo que for necessário

Nos siga noTelegram
O embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Sergei Kislyak, declarou que a Rússia vai manter sua presença militar na Síria o tempo que a situação do país necessitar.

"Nós estaremos lá [na Síria] o quanto a situação demandar", disse o diplomata em pronunciamento nesta terça-feira (11). 

Sistema S-300 lança míssel - Sputnik Brasil
Rússia treina operações de defesa aérea com mísseis S-300 e S-400
Ao ser questionado sobre a manutenção da larga presença militar na Síria, o embaixador também notou que a presença das forças russas na Síria não é tão significante.  

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, havia afirmado anteriormente que durante um ano da operação aérea russa na Síria foi libertada uma grande parte do território do país. 

A Rússia lançou uma operação aérea contra as posições terroristas na Síria em 30 de setembro de 2015 a pedido do presidente sírio Bashar Assad. Desde essa altura e até março de 2016 a aviação russa realizou mais de 9 mil missões contra grupos terroristas, apoiando Damasco em ofensivas em regiões-chave do país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала