FMI espera mais abertura da economia chinesa

© Stephen Jaffe/ IMFCristine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI)
Cristine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse nesta quinta-feira que a organização tem grande esperança de que a China apresente maior transparência econômica após a inclusão do yuan à cesta de divisas de reservas internacionais.

Chinese Yuan - Sputnik Brasil
G20 celebra incorporação do yuan à cesta de divisas do FMI
"Recentemente, todos nós celebramos a inclusão do yuan na cesta de divisas de reserva (SDR)", declarou Lagarde durante uma coletiva de imprensa à margem da última reunião do Banco Mundial. "Isso significa que a economia da China está se tornando mais aberta, e é possível que haja mais progressos em direção a uma abertura ainda maior". 

A decisão do FMI no que diz respeito à moeda chinesa entrou em vigor no primeiro dia deste mês. A iniciativa para atualizar o sistema do fundo foi tomada pelo governo chinês, com base no papel cada vez mais importante da China na economia mundial. 

Segundo o conselho de diretores do FMI, a proporção do yuan na cesta de moedas será de 10,92%, superando a libra esterlina e o iene, que dispõem de 8,09% e 8,33%, respectivamente. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала