Soldados indianos eliminam três militantes após ataque contra base militar

© AP Photo / Dar YasinForças de segurança da Índia em Pampore, nos arredores de Srinagar, Caxemira
Forças de segurança da Índia em Pampore, nos arredores de Srinagar, Caxemira - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Militares indianos eliminaram três homens armados que haviam atacado o quartel-general do batalhão de operações especiais na área de Langate, no estado de Jammu e Caxemira, informou a mídia local.

"Três militantes foram mortos, tendo sido apreendidos três fuzis Kalashnikov", cita o jornal The Indian Express o porta-voz do Ministério da Defesa.

Aproximadamente às 6 da manhã (21h30 no horário de Brasília) os atacantes abriram fogo contra postos de vigilância em dois locais do acampamento militar em Langate. Depois de disparar, tentaram fugir, mas os militares e um grupo de policiais de operações especiais perseguiram-nos e se envolveram em combate.

In this Dec. 22, 2013 photo, an Indian army soldier stands guard along barbed wire near the Line of Control (LOC), that divides Kashmir between India and Pakistan, at Krishna Ghati (KG Sector) in Poonch, 290 kilometers (180 miles) from Jammu, India - Sputnik Brasil
Paquistão propõe à Índia negociações sobre Caxemira
Se trata do segundo ataque contra uma base de tropas de operações especiais da Caxemira indiana nos últimos cinco dias. O anterior ocorreu no domingo, em Baramulla. Em Jammu e Caxemira, o único estado indiano de população maioritariamente muçulmana, operam grupos separatistas que defendem a independência ou a união com o Paquistão.

Nova Deli acusa Islamabad de patrocinar estas milícias, mas os paquistaneses negam ter ligação aos ataques.

Os exércitos da Índia e do Paquistão no estado de Caxemira são separados por uma linha de controle onde, nas últimas semanas, são registrados incidentes quase diários.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала