Enviado especial da ONU na Síria avisa da destruição total de Aleppo

© AP Photo / Manu BraboBairro Saif Al Dawla da cidade de Aleppo (Síria) - foto de arquivo
Bairro Saif Al Dawla da cidade de Aleppo (Síria) - foto de arquivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Se os combates na parte oriental de Aleppo continuarem com a mesma intensidade, esta parte da cidade será destruída completamente até final do ano, declarou aos jornalistas o enviado especial da ONU para a Síria Staffan de Mistura.

"O que poderá acontecer se os bombardeios continuarem? Depois de dois meses, dois e meio no máximo, de ataques de tal intensidade, Aleppo poderá acabar por ser destruída completamente. Especialmente se se trata da parte antiga da cidade", disse ele.

A Cidadela de Aleppo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
General sírio: A Rússia é o único país que nos ajuda
De Mistura se dirigiu a Moscou e Damasco perguntando "se vale a pena destruir a cidade para eliminar mil combatentes", e se eles estão prontos a parar os ataques, caso os combatentes da Frente al-Nusra deponham as armas, apelando a obter uma resposta o mais rápido possível. Segundo de Mistura, se a Rússia e a Síria não aceitarem esta proposta, elas "serão julgadas pela História".

Entretanto, o enviado especial da ONU sublinhou que se dá conta que para uma retirada segura dos militantes da Frente al-Nusra de Aleppo para Idlib serão necessárias garantias, inclusive da parte de Moscou e de Damasco.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала