Kremlin: 'Rússia foi introduzida na campanha eleitoral dos EUA'

© Sputnik / Natalya Selivyorstova / Abrir o banco de imagensTorres do Kremlin de Moscou, agosto de 2016
Torres do Kremlin de Moscou, agosto de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, declarou que os presidenciáveis americanos se aproveitam da retórica antirrussa nas suas campanhas.

Nesta quarta-feira (5), Dmitry Peskov disse que a posição contra a Rússia se tornou a parte integral das eleições presidenciais nos EUA.

"Esta retórica pré-eleitoral continua, o debate continua dentro da campanha eleitoral. A Rússia não interferiu e não tem planos de interferir nenhuma destas discussões", disse Peskov.

Interceptor de mísseis norte-americano - Sputnik Brasil
Vice de Trump defende instalação de escudo antimísseis contra Rússia
A declaração foi feita logo após acusações de Donald Trump, candidato do Partido Republicano, que no âmbito do seu discurso proferido na terça (4) disse que a Rússia foi responsável pela quebra do acordo de cessar-fogo na Síria. Além disso, o bilionário partilhou da sua opinião de que o presidente russo, Vladimir Putin, "não tem nenhum respeito" à liderança americana e é por isso que o lado russo não respeitou o cessar-fogo.

Na segunda-feira (3), o representante do Departamento de Estado norte-americano, John Kirby, disse que os EUA puseram fim à cooperação bilateral com a Rússia sobre o cessar-fogo na Síria, ficando abertos apenas os canais militares para evitar incidentes aéreos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала