Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Theresa May defende mais pressão sobre Rússia e queda de Assad

© REUTERS / Kerry DaviesBritain's Home Secretary, Theresa May, addresses the Conservative Spring Forum in central London, Britain April 9, 2016.
Britain's Home Secretary, Theresa May, addresses the Conservative Spring Forum in central London, Britain April 9, 2016. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse nesta terça-feira, em entrevista à TV do Reino Unido, que a comunidade internacional deve colocar mais pressão sobre a Rússia no que diz respeito à sua posição na Síria.

"A Rússia deve fazer a sua parte", disse May à ITV News, revelando não acreditar na possibilidade de uma solução política para a República Árabe nesse momento, mas sem deixar de defendê-la.

"Nós precisamos de uma solução política, de uma solução política de longo prazo que veja uma Síria sem (Bashar) Assad". 

De acordo com a premier britânica, a Rússia pode fazer mais para garantir a entrega de ajuda humanitária à população de Aleppo e a manutenção de uma trégua na Síria.

"Ainda há uma oportunidade para a Rússia permitir que a ajuda humanitária chegue a Aleppo e garantir que possa haver um cessar-fogo com o qual as partes possam se sentar juntas e encontrar aquela que é a única solução de longo prazo para a Síria", afirmou. "A comunidade internacional precisa continuar colocando mais pressão sobre a Rússia". 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала