Tendência perigosa: Maior parte do Daesh vai fugir da Síria para Líbia até 2017

Nos siga noTelegram
O diretor do Instituto de Estudos Estratégicos da Rússia (RISS em inglês) Leonid Reshetnikov declarou que até ao fim do ano a maioria dos militantes do Daesh vai abandonar a Síria e Iraque e se dirigir para a Líbia.

"Penso que durante este ano a maioria dos militantes vai emigrar para a Líbia. Eles vão fugir de Aleppo e Raqqa. Eles terão de fugir da Síria, pode ser que alguns deles permaneçam no Iraque", disse Reshetnikov numa entrevista. 

A guerra civil na Síria dura desde 2011 e já causou a morte de mais de 230 mil pessoas, segundo os dados da ONU. O governo sírio luta contra numerosas fações da oposição e grupos extremistas, incluindo a Frente al-Nusra e o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico).

Esta sexta (30) faz um ano desde que a Rússia lançou a operação antiterrorista russa na Síria, após ter recebido um pedido oficial do governo Sírio. Além do apoio aéreo nos ataques contra posições do Daesh, a Rússia está também fornecendo equipamento militar e treinando especialistas militares na Síria.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала