EUA e Israel são a 'força aérea' do Daesh e da al-Nusra, diz embaixador sírio

© AFP 2022 / AHMAD ABOUDPrédios destruidos após ataque aéreo da coalizão internacional liderada pelos EUA na Síria
Prédios destruidos após ataque aéreo da coalizão internacional liderada pelos EUA na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militantes da Frente al-Nusra e do Daesh (autodenominado Estado Islâmico) recebem apoio aéreo de Israel e da coalizão liderada pelos Estados Unidos na Síria, segundo disse à Sputnik o embaixador sírio na Rússia, Riad Haddad.

"A ofensiva dos EUA sobre as posições do exército sírio em Deir ez-Zor [coincidiu com] o avanço da Frente al-Nusra contra posições do exército sírio perto da cidade de Hader e em outras cidades que [o grupo terrorista] não conseguia controlar antes”, disse o embaixador à Sputnik. 

Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, no Conselho de Segurança da ONU durante 71ª Assembleia Geral - Sputnik Brasil
Lavrov: Ataque da coalizão contra Exército sírio foi 'flagrante' violação do cessar-fogo
“Isto foi precedido por uma cobertura aérea israelense. Como o avanço do Daesh foi precedido por uma cobertura aérea dos aviões da coalizão, a Frente al-Nusra e o Daesh não se queixam por não possuir uma força aérea, porque os aviões da coalizão de Israel e dos EUA estão desempenhando este papel”, acrescentou Haddad.

Tanto a Frente al-Nusra quanto o Estado Islâmico são organizações banidas na Rússia. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала