Riad adverte EUA sobre 'lei antissaudita'

© flickr.com / Cyril Attias9/11 Terror Attacks: World Trade Center
9/11 Terror Attacks: World Trade Center - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Arábia Saudita pediu ao Congresso dos Estados Unidos para atuar de forma a evitar consequências desastrosas da chamada lei antissaudita sobre os atentados do 11 de setembro.

Presidente norte-americano Barack Obama numa reunião com o Rei da Arábia Saudita Abdulaziz al Saud, no palácio de Erga, em Riad, 20 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
Deterioração nas relações entre Arábia Saudita e EUA é iminente?
De acordo com um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita, citado pela agência Spa, a Lei de Justiça Contra Patrocinadores do Terrorismo (JASTA, na sigla em inglês) é fonte de "grande inquietude" em Riad e de preocupação para toda a comunidade de nações que se opõem à "erosão do princípio de imunidade soberana". 

Na última quarta-feira, por 97 votos a 1, o Senado dos EUA anulou o veto do presidente Barack Obama ao projeto da JASTA, que, na prática, permite aos familiares das vítimas dos ataques de 11 de setembro de 2001 processar a Arábia Saudita, cujo governo é suspeito de ligação com os terroristas que sequestraram os aviões derrubados.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала