Presidência leva Obama a usar mais palavras obscenas

Nos siga noTelegram
Desde que está na Casa Branca, o atual líder dos EUA Barack Obama começou a usar palavras obscenas mais frequentemente.

A informação privilegiada foi divulgada pelo próprio Obama durante uma conversa com a historiadora Doris Kearns Goodwin. A historiadora chefia o instituto da presidência norte-americana e partilhou a íntegra da sua conversa com a revista Vanity Fair.

"Em geral, as pessoas que me conhecem lhe dirão que a minha pessoa pública não é muito diferente da privada. Sou a pessoa que sou, ou seja, você me vê de forma como eu sou. As duas excepções são que eu digo palavrões mais do que devia e que digo palavrões mais no escritório do que costumava dizer na minha vida anterior", disse Obama a ela.

Presidente dos EUA Barack Obama - Sputnik Brasil
Ex-conselheiro de Obama: Casa Branca fez da Síria um 'problema do inferno'
Obama sublinhou também que "felizmente" o seu conselheiro de segurança nacional e o chefe do aparelho da Casa Branca usam linguagem obscena ainda mais, "por isso tudo é normal".

A segunda excepção é que, segundo o líder dos Estados Unidos, na vida privada ele pode ser mais sarcástico e julgar mais asperamente, coisa que não se permite fazer na vida pública.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала