África coloca ultimato à ONU: Ou sai, ou recebe representação no Conselho de Segurança

© AFP 2022 / WILFRED KAJESEPresidente do Zimbábue, Robert Mugabe, em 27 de julho de 2016
Presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, em 27 de julho de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, afirmou que o continente africano está pronto para sair das Nações Unidas se o seu pedido de reforma não for atendido.

Segundo relatos, no domingo Mugabe disse que a União Africana estava planejando formar um grupo separado para onde convidaria países como a Rússia, China e Índia se o Conselho de Segurança da ONU não incluir membros do seu continente no próximo ano.

Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas - Sputnik Brasil
Filipinas podem sair da ONU
"Nem todos os membros permanentes do Conselho de Segurança têm uma postura dura. Assim, eles são somente a Grã-Bretanha, França e EUA. Se eles persistirem, não se queixem depois quando nós formos criar nossa própria organização. Planejamos fazê-lo em setembro próximo – na próxima Assembleia Geral", cita as palavras do líder zimbabuano o portal sul-africano News 24.

O líder veterano disse que os dirigentes ocidentais não tomam em conta a opinião de uma série de países africanos, por isso a ONU corre risco de ficar sem estes estados se a reforma não for realizada.

"Só a Rússia e a China nos apoiam e os EUA contrariam", afirmou o presidente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала