Coreia do Sul diz está preparada para possíveis ataques de mísseis da Rússia e da China

© Sputnik / Petrov / Abrir o banco de imagensSeul, Coreia do Sul
Seul, Coreia do Sul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Seul está pronto para interceptar mísseis russos ou chineses no caso de ataque contra o sistema da defesa antiaéreo norte-americano THAAD que deve ser instalado na Coreia do Sul em 2017, comunicou na quarta (21) o ministro da defesa sul-coreano, Han Min-koo.

"Caso sejam lançados mísseis da China ou da Rússia nas nossas posições, como não interceptá-los? É óbvio que vamos fazê-lo", disse Han Min-koo, citado pela agência Yonhap

Dois sistemas de THAAD são lançados durante um teste de interceptação bem sucedido. - Sputnik Brasil
Seul: implantação de THAAD no país não é dirigida contra Rússia
Segundo ele, a intercepção de mísseis inimigos vai ser realizada com ajuda do sistema THAAD. 

"É necessário (THAAD) para a nossa segurança, mesmo levando em consideração a oposição da Rússia e da China (quanto ao assunto) e os problemas econômicos", acrescentou Han Min-koo.

Mais anteriormente a representante oficial da Chancelaria da Rússia, Maria Zakharova, disse que "a decisão dos EUA de instalar elementos de defesa antimíssil na Coreia do Sul dificultará ainda mais a situação na região e não condiz com o programa da contenção da Coreia do Norte".

O sistema THAAD (Terminal High Altitude Area Defense) é projetado para interceptação de mísseis de pequeno e médio alcance. De acordo com o chefe do departamento de defesa sul-coreano, o raio de alcance dos interceptores THAAD não excede os duzentos quilômetros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала