EUA consideram a Rússia responsável pelo ataque aéreo ao comboio humanitário da ONU

© flickr.com / John ConnellCasa Branca
Casa Branca - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ataque ao comboio humanitário da ONU na Síria só poderia ter sido realizado pelas autoridades sírias ou pela Rússia. “Em todo caso”, a responsabilidade pelo ataque aéreo nesta região é da Rússia, disse em Nova York o vice-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Ben Rhodes.

Smoke rises in the distance as Syrians gather near damaged trucks carrying aid on the side of the road in the town of Orum al-Kubra on the western outskirts of the northern Syrian city of Aleppo on September 20, 2016, the morning after a convoy delivering aid was hit by a deadly air strike - Sputnik Brasil
EUA acreditam no envolvimento da Rússia em ataque ao comboio humanitário na Síria
“Todas as nossas informações demonstram que isso foi um ataque aéreo. Isso significa que somente dois sujeitos poderiam ser responsáveis — ou o regime sírio, ou o governo da Rússia. Em todo caso, consideramos o governo russo responsável pelo ataque aéreo nesta área, considerando o seu compromisso com cessar-fogo”, disse Rhodes.

O suposto ataque em questão ocorreu na última segunda-feira, 19. Pelo menos 18 dos 31 caminhões que levavam assistência para famílias da localidade de Urm al-Kubra, em Aleppo, foram atingidos, segundo a ONU, por um ataque aéreo, o que provocou a morte de várias pessoas.

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, nenhum avião russo ou sírio realizou bombardeios sobre o comboio, o qual poderia, inclusive ter sido alvo de outro tipo de ataque, como um incêndio.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала