Rússia acusa EUA de não exercer influência sobre oposição moderada síria

© Ministério da Defesa da Rússia / Abrir o banco de imagensSergei Rudskoi, vice-chefe do departamento operacional do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia durante a coletiva do Ministério da Defesa russo. 2 de fevereiro, 2015
Sergei Rudskoi, vice-chefe do departamento operacional do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia durante a coletiva do Ministério da Defesa russo. 2 de fevereiro, 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os ataques aéreos contra o Exército Sírio e os ataques de combatentes confirmam que os EUA não têm influência sobre a oposição moderada síria. A declaração é do chefe de Operações do Estado-Maior, tenente-general Sergei Rudskoi.

Caça-bombardeiro A-10 Thunderbolt II norte-americano - Sputnik Brasil
The American Conservative: 'erro de inteligência' na Síria sairá caro para os EUA
"A causa desta situação é que os Estados Unidos não têm instrumentos eficazes de influência sobre a oposição moderada e não sabem a situação real do conflito por 'terra'. Um exemplo disso é após o ataque da coalizão internacional realizado anteontem contra as tropas sírias perto da cidade de Deir ez-Zor, houve imediatamente depois um ataque dos militantes do grupo terrorista Daesh", disse Rudskoi.

O presidente da Síria, Bashar Assad, declarou nesta segunda-feira (19) que o ataques da coalizão internacional liderada pelos EUA contra forças do governo são uma agressão que servem aos interesses dos militantes do Daesh (Estado Islâmico)".

A administração Obama ofereceu um pedido de desculpas formal pela "perda não intencional de vidas" após o ataque aéreo da coalizão liderada pelos EUA que atingiu as forças do governo sírio no último sábado (17), matando pelo menos 80 soldados leais ao regime de Assad. 

O ataque aéreo aconteceu apenas cinco dias após o início formal do acordo de cessar-fogo na Síria mediado pelos Estados Unidos e pela Rússia, o qual, entre outros pontos, apelava aos dois países que coordenassem seus ataques contra os grupos terroristas no país árabe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала