Prefeito de Nova York: não há provas de que explosão tenha sido ato de terrorismo

© AFP 2022 / Bryan R. SmithPolícia bloqueia estrada perto do lugar da explosão, Nova York, 17 de setembro de 2016
Polícia bloqueia estrada perto do lugar da explosão, Nova York, 17 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na noite de 17 de setembro a cidade de Nova York foi sacudida por uma explosão em Manhattan, no bairro de Chelsea.

​Segundo a polícia da cidade, a explosão ocorreu em um caixote do lixo.

​A polícia de Nova York encontrou um segundo engenho explosivo, que depois foi identificado como uma panela de pressão.

​​Na sequência da explosão ficaram feridas 29 pessoas, um delas se encontra em estado grave.

​O prefeito da cidade, Bill de Blasio, disse que ainda não foi confirmada a informação de que a explosão teria sido um atentado terrorista.

Mais cedo no sábado, no estado de Nova Jersey, antes de uma corrida filantrópica, ocorreu outra explosão de uma bomba caseira, após a explosão foram encontrados vários explosivos que não chegaram a detonar e que foram posteriormente desativados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала