Venezuela assume liderança dos Países Não Alinhados

© AP Photo / Ariana CubillosPresidente da Venezuela Nicolás Maduro durante discurso anual na Assembleia Nacional, em Caracas, Venezuela
Presidente da Venezuela Nicolás Maduro durante discurso anual na Assembleia Nacional, em Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em meio a uma profunda crise econômica e política, a Venezuela assumiu neste sábado (17) a presidência do Movimento de Países Não Alinhados (NOAL, na sigla em inglês) por um período de três anos, durante uma cúpula celebrada na ilha de Margarida, no Caribe, com a participação de 12 líderes estrangeiros.

Ao início da reunião, o presidente iraniano, Hasan Rohani, entregou a Nicolás Maduro a presidência temporária do bloco, que, criado há mais 50 anos, tenta se reiventar após o fim da Guerra Fria.

“Espero que com o esforço e o compromisso das autoridades da Venezuela nesta grande responsabilidade, sejamos testemunhas do fortalecimento do Movimento”, disse Rohani em seu discurso.

Delcy Rodriguez - Sputnik Brasil
Venezuela rejeita ultimato da 'Tríplice Aliança' Brasil-Argentina-Paraguai sobre Mercosul
Os 120 chamados países Não Alinhados representam dois terços dos membros da ONU e abrigam 55% da população mundial. 

Nesta XVII Cúpula dos NOAL, participam delegados de todos os países-membros, embora a a reunião conte com a presença de poucos mandatários: os presidentes do Irã, do Zimbábue, de Cuba, do Equador, da Bolívia, de El Salvador e da Autoridade Palestina, além de alguns primeiros-ministros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала