Militares americanos expulsos de cidade síria

© AFP 2022 / AHMAD AL-RUBAYEPor volta de 150 soldados americanos chegaram a nordeste da Síria, de acordo com forças de segurança curdas
Por volta de 150 soldados americanos chegaram a nordeste da Síria, de acordo com forças de segurança curdas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Apareceu um vídeo nas redes sociais que mostra militantes da oposição "moderada" do Exército Livre da Síria obrigando os soldados americanos das forças especiais deixarem a cidade síria de ar-Rai, localizada perto de Jarablus, na fronteira turco-síria.

No vídeo se pode ver um SUV e um tanque deixando a cidade acompanhados de insultos e gritos "Morte à América!"

Anteriormente foi informado que alguns soldados americanos entraram na cidade de ar-Rai a fim de coordenar os ataques aéreos contra o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia). Mas, logo após entrarem, tiveram que deixar a cidade devido aos protestes dos rebeldes sírios. De realçar que os EUA apoiam a oposição síria e lhe fornecem sistemas da defesa antitanque de alta tecnologia.

Fumo na cidade síria de Tel Abyad, que fica próximo à fronteira turca, durante os confrontos entre o Deash e Unidades Curdos de Proteção Popular (YPG), Síria, 27 de fevereiro de 2016 - Sputnik Brasil
EUA levantam bandeiras norte-americanas na Tell Abyad síria para prevenir invasão turca
Alguns dias antes deste incidente, militares das forças especiais americanas foram atingidos por disparos perto da cidade de Tell Abyad. Mas não se tratou de um ataque islamista, os disparos tiveram origem na fronteira turca, informa a ABC News. Segundo informação do canal, os soldados americanos levantaram a bandeira dos EUA mas fogo não parou e eles tiveram de se retirar da cidade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала