Rússia: Exército sírio tem o direito de retaliar ataques de militantes

© Sputnik / Mikhail Voskresenskiy / Abrir o banco de imagensExército sírio e milícia pró-governo nos arredores de Al Qaryatayn
Exército sírio e milícia pró-governo nos arredores de Al Qaryatayn - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As forças do governo sírio têm o direito de retaliar possíveis ataques de militantes, enquanto a Força Aérea russa forneça o apoio aéreo necessário. A informação e do Estado-Maior russo nesta sexta-feira (16).

Vista pela cidade síria de Aleppo, Síria, abril de 2016 - Sputnik Brasil
EUA informam pela primeira vez a Rússia sobre posicionamento dos 'moderados'
"O exército sírio tem o direito de retaliação no caso de grupos terroristas realizarem ataques. A força aérea russa fornecerá o apoio aéreo necessário", disse o vice-chefe da Direção de Operações principais do Estado Maior, tenente-general Victor Poznihir.

Segundo ele, o exército sírio tem adotado plenamente o recente acordo de cessar-fogo intermediado pela Rússia e EUA, enquanto os grupos armados de oposição apoiados pelos EUA continuam a violá-lo.

"O lado norte-americano ainda não forneceu qualquer explicação para o fracasso em facilitar a implementação do cessar-fogo e pediu mais tempo para esclarecer a situação", acrescentou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала