Por que o exército sírio é forte comendo batata?

© Sputnik / Aleksei Malgavko / Abrir o banco de imagensBatata
Batata - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Departamento de abastecimento de produtos alimentícios do Exército da Síria realiza o fornecimento ininterrupto de batata para todas as frentes de combate no país e em todas as estações do ano.

Militares sírios na província de Latakia - Sputnik Brasil
Exército sírio defende província de Latakia
A estatística mostra que cada soldado sírio recebe por volta de 250-300 gramas de batata por dia, que principalmente é consumida cozida. O Exército sírio não costuma comer produtos fritos ou gordurosos. Por quê?

Um nutricionista clínico do hospital Al Mouwasat da Universidade de Damasco, Akhmed Khamsho, disse à Sputnik Árabe que a batata tem uma boa particularidade – comendo um pouco dela as pessoas se saciam rapidamente e, ao mesmo tempo, este produto contém muitos glicídios que dão energia.

"Em vez da comida gordurosa ou mal cozinhada, os soldados comem batata com alto teor de glicídios. A batata é cozinhada muito rapidamente e pode ser armazenada por muito tempo", disse Khamsho.

Cidade de Deir ez-Zor em junho de 2014 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Aviação russa entrega quase 40 toneladas de comida em Deir ez-Zor
Um comandante do campo do Exército da Síria conta à Sputnik que os soldados são alimentados com batata para evitar problemas com digestão, além disso, também para uma boa assimilação que os ajuda estar em boa forma de funcionamento logo depois do almoço.

"Soldados e oficiais comem batata com uma sopa de lentilha. Esta comida não cria obstáculos para a atividade dos militares, não cria problemas de digestão e eles estão sempre prontos para esforços físicos depois de comer."

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала