Trump detona política externa dos EUA em entrevista à RT

Nos siga noTelegram
O candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, criticou a política externa norte-americana no Iraque durante uma entrevista transmitida pela Russia Today (RT).

O magnata do setor imobiliário de Nova York conversou com o ex-apresentador da CNN Larry King, em entrevista cujo podcast foi publicado na quinta-feira (8) à noite pela RT.

Republican presidential candidate Donald Trump signs autographs for supporters at the conclusion of a Donald Trump rally at Millington Regional Jetport on February 27, 2016 in Millington, Tennessee - Sputnik Brasil
Apelo de Trump à Rússia é visto como alta traição aos EUA
​Trump criticou a política dos EUA no Iraque desde o mandato do ex-presidente republicano George W. Bush, que ordenou a invasão liderada pelos EUA em 2003 após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 em solo norte-americano.

Posteriormente, o candidato atacou o presidente Barack Obama e a candidata presidencial democrata Hillary Clinton, que foi a primeira secretária de Estado de Obama, por seus papéis na retirada das tropas dos EUA do Iraque.

"Número um, é uma guerra em que não deveríamos ter nos envolvido", disse Trump. "E é uma guerra da qual, quando saímos, o fizemos incorretamente. Esse é o Obama", acrescentou.

Embora Trump tenha feito críticas semelhantes no passado, fazê-lo na RT gerou mais protestos e incentivou certa histeria entre seus opositores, que têm insinuado na mídia norte-americana a existência de supostas ligações entre o magnata e o presidente russo Vladimir Putin. De fato, após a repercussão negativa sobre o assunto, a campanha do republicano disse que Trump não sabia que a entrevista iria ser veiculada pela mídia estatal russa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала