EUA fazem 'última proposta' à Rússia sobre Síria

© AFP 2022 / POOL DE KREMLIN/ SERVIÇO PÚBLICO DO PRESIDENTEPresidente russo Vladimir Putin fala ao presidente norte-americano Barack Obama antes da sessão da APEC, Pequim, China, novembro de 2014
Presidente russo Vladimir Putin fala ao presidente norte-americano Barack Obama antes da sessão da APEC, Pequim, China, novembro de 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Washington fez a Moscou "a última proposta" para resolução da crise síria, informa o jornal The Washington Post citando fontes da administração de Barack Obama.

Segundo a edição, os EUA apresentaram à Rússia quase um ultimato. Washington declarou que sua paciência, de tentar firmar um acordo, está chegando ao fim.

Barack Obama, presidente dos EUA - Sputnik Brasil
Obama revela suas impressões sobre encontro com Putin
O Washington Post escreveu que o plano inclui várias disposições, a principal das quais é a trégua em toda a Síria, incluindo a cidade sitiada de Aleppo. Além disso, Washington propõe interrupção de todos os voos da aviação síria e início da operação aérea conjunta da Rússia e EUA contra terroristas.

O jornal frisa que as fontes não detalharam as consequências caso a proposta não seja aceita.

As conversações dos presidentes, Barack Obama e Vladimir Putin, à margem da Cúpula do G20, foram focadas na situação da Síria. O tema continuou a ser discutido pelos chanceleres por telefone, quando acordaram encontrar-se entre 8 e 9 de setembro em Genebra. O Departamento de Estado ainda não confirmou as negociações. 

"Oficiais norte-americanos deixaram claro que não viam sentido em mais uma sessão de negociação se a Rússia não mudasse sua posição", conclui o Washington Post.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала