Kalashnikov estreia novas armas no EXÉRCITO 2016

Nos siga noTelegram
Além das armas, a empresa pode surpreender os clientes com novos coletes à prova de bala e até lembranças para turistas.

A Sputnik Brasil conseguiu falar com o vice-diretor de vendas e marketing da Kalashnikov, Vladimir Dmitriev, que partilhou os detalhes das inovações da empresa.

Segundo o vice-diretor, além do veículo de combate não tripulado Soratnik, o desenvolvimento dos fuzis AK-12 e AK-15 é "um evento que faz época", já que é a primeira modificação do fuzil desde 1974. Só agora a indústria está pronta para propor uma coisa melhor. A Kalashnikov espera que o Ministério da Defesa russo introduza os fuzis ao serviço.

"Para o Ministério da Defesa, a economia é muito importante, já que é uma arma de série, mas além disso deve ser muito mais ergonómica. Tudo deve ser tomado em conta – o peso, a possibilidade de abrir fogo à distância de 400-500 metros, a posição dos equipamentos acoplados e critérios tradicionais como a precisão e segurança que se mantenham como na versão anterior. Na maioria dos critérios, os AK-12 e AK-15 são um avanço fundamental", explicou Vladimir Dmitriev.

O veículo de combate não tripulado Soratnik (companheiro de luta em russo) - Sputnik Brasil
Top 5 robôs militares do mundo
Mais do que isso, o EXÉRCITO 2016 testemunha duas verdadeira estreias: o fuzil de precisão compacto automático SVK, apresentado em duas versões: para munição de padrão russo 7.62×54R e para munição de fuzis 7.62×51 da OTAN, sendo este último o mais popular do mundo. A segunda é o fuzil de precisão de longo alcance VSV-338. A Kalashnikov quer apresentar ambos os modelos ao Ministério da Defesa para serem introduzidos no serviço em 2017.
© Sputnik / Ekaterina KozlovaVice-diretor de vendas e marketing da Kalashnikov, Vladimir Dmitriev
Vice-diretor de vendas e marketing da Kalashnikov, Vladimir Dmitriev - Sputnik Brasil
Vice-diretor de vendas e marketing da Kalashnikov, Vladimir Dmitriev
Entretanto, nem só as armas têm novidades. O equipamento de proteção se moderniza ao mesmo tempo que as armas.

"Agora desenvolvemos a primeira versão do colete à prova de balas. Ao contrário do modelo tradicional, este permite escolher o sistema de proteção em dependência da especificidade da tarefa, quer seja para uso discreto ou não."

Cadetes apresentam um complexo S-400 no âmbito do fórum militar internacional EXÉRCITO 2016 - Sputnik Brasil
Cooperação militar ganha força no EXÉRCITO 2016
Mas nem só os militares podem beneficiar das inovações. Os turistas poderão trazer novas lembranças da Rússia – um modelo de Kalashnikov pode ser comprado no aeroporto Domodedovo. Embora seja um brinquedo, não é uma arma verdadeira, as medidas de segurança requerem que o modelo seja entregue no porão de carga. Não haverá problemas com o serviço aduaneiro se fizer um voo interno na Rússia, mas se viaja ao estrangeiro, depende das leis nacionais. Neste momento, a Kalashnikov está elaborando um lembrete para turistas.

A loja funciona só por um mês, mas o interesse já é visível – os modelos começaram a "voar" para vários países.   

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала