G20 celebra incorporação do yuan à cesta de divisas do FMI

CC BY-SA 2.0 / [Jim] / Chinese Yuan
Chinese Yuan - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os países do G20 comemoraram a inclusão do yuan chinês na cesta de moedas do Fundo Monetário Internacional, segundo um esboço do comunicado final da cúpula de Hangzhou obtido pela Sputnik.

Rublos e yuans - Sputnik Brasil
'Moeda popular' vira moeda de reserva
"Seguindo a decisão do FMI, celebramos a inclusão do yuan na cesta de divisas dos direitos especiais de giro (DEG) a partir de 1 de outubro", diz o documento.

Nesta segunda-feira, o Banco Popular da China desvalorizou em 0,22% a moeda nacional frente ao dólar, de acordo com dados da entidade reguladora. A taxa de câmbio do yuan foi fixada em 6,6873, o que representa uma queda de 146 pontos em comparação com a taxa de sexta-feira, fixada em 6,6727.

O preço da moeda chinesa foi mantido durante anos em torno dos 8,3 yuans por dólar, até começar a crescer em 2005, chegando a cerca de 6 yuans por dólar em janeiro de 2014.

Em agosto do ano passado, o Banco Popular realizou uma forte desvalorização da moeda, que produziu turbulências nos mercados internacionais. Depois disso, o regulador centrou os seus esforços na estabilização do yuan. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала