Países do BRICS apelam à luta contra desafios globais

© REUTERS / Wang Zhao/PoolLíderes do grupo BRICS, na cúpula do G20 em Hangzhou. 4 de setembro de 2016
Líderes do grupo BRICS, na cúpula do G20 em Hangzhou. 4 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os países do BRICS concordaram, no final do encontro informal realizado no âmbito da cúpula do G20 em Hangzhou, em reforçar a cooperação e apelaram à comunidade internacional a lutar contra os desafios globais.

Isto é afirmado na declaração conjunta dos líderes dos países do BRICS, publicada pela chancelaria chinesa após a reunião.

"Os líderes dos BRICS sublinharam que os países do grupo devem, com base nos princípios de transparência, solidariedade, igualdade, compreensão, tolerância e cooperação, continuar a fortalecer a parceria estratégica entre os países do bloco", afirma o texto.

De acordo com os líderes do BRICS, apesar de que a economia mundial e a economia dos seus países enfrentam novos desafios, estes têm a perspectiva e a força motriz para o crescimento.

Logotipo da cúpula do G20 em Zhejiang, China, 1 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Vladimir Putin se reunirá com Theresa May durante a cúpula do G20 na China
Além disso, os líderes do BRICS, após a reunião em Hangzhou, confirmaram o compromisso de intenções de fortalecer o diálogo e a cooperação com outros países em desenvolvimento e outros mercados. Eles observaram que a recuperação da economia global continua desigual, sendo necessário que os países do G20 reforcem a coordenação da política macroeconômica. Os líderes do BRICS também chamaram aos países-membros da organização Mundial do Comércio (OMC) que ratifiquem o mais rapidamente possível e contribuam para a adoção de um Acordo da OMC sobre a promoção do comércio internacional.

No comunicado conjunto se destaca que os países do BRICS condenam fortemente os atos terroristas em todo o mundo. Neste contexto, os países do BRICS apelaram às ONU e à comunidade internacional a desempenharem um papel fundamental na luta contra o terrorismo.

Soldados do Exército de Libertação Popular da China - Sputnik Brasil
Presidente da China: países do G20 têm que desistir do raciocínio de 'guerra fria'
Em conclusão, os países do grupo sublinharam a certeza de que a cimeira do G20 em Hangzhou será bem-sucedida. Enquanto isso, os líderes do BRICS expressaram apoio à realização da próxima oitava cúpula do BRICS, que será realizada em outubro na Índia.

O Grupo BRICS é uma união informal de cinco países: a República Federativa do Brasil, a Federação Russa, a República da Índia, a República Popular da China e a África do Sul. A oitava cimeira do BRICS será realizada de 15 a 16 de outubro em Goa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала