Submarinos dos EUA receberão tecnologia furtiva até 2030

© AFP 2022 / US NAVYSubmarino norte-americano Virginia SSN 774, Connecticut, EUA (foto de arquivo)
Submarino norte-americano Virginia SSN 774, Connecticut, EUA (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os novos submarinos da Marinha norte-americana serão equipados com tecnologia stealth que permite criar submarinos menos visíveis para o mundo em termos de detecção, informou a revista The National Interest na sexta-feira (2).

Submarino da Marinha Real Britânica - Sputnik Brasil
Submarino nuclear britânico colide com navio mercante
Segundo os dados da publicação, se trata da passagem para um novo tipo de popa, parecido com a letra X, que permitirá reduzir o ruído de movimento do submarino e melhorar sua manobrabilidade. A nova tecnologia, que está sendo desenvolvida pela empresa General Dynamics Electric Boat, será aplicada em submarinos da classe Ohio, que são agora o núcleo das forças estratégicas ofensivas dos EUA, informou a publicação citando o vice-presidente da empresa, Will Lennon.

Além disso, segundo representantes da Marinha, está planejado instalar nos novos submarinos motores elétricos mais silenciosos. Pesquisas nesta área demoraram para a Marinha dos EUA cerca de 15 anos.

Os desenvolvedores destacam que o novo programa de substituição de tecnologias nos submarinos da classe Ohio será introduzido até 2030. Esses submarinos conseguirão responder às últimas exigências e ameaças tecnológicas até 2080.

Submarino nuclear norte-americano USS Louisiana na base naval de submarinos Kings Bay (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Submarino nuclear dos EUA colide com navio em Washignton
Em agosto, a General Dynamics Electric Boat entregou à Marinha norte-americana um novo submarino cuja construção custou $2,7 bilhões. Segundo a AP, o submarino, que foi construído em cinco anos e meio, terá o nome de USS Illinois.

Muitos especialistas militares consideram que a Rússia e a China fazem bastante concorrência às tecnologias norte-americanas na área de submarinos. Isso exige que a Marinha dos EUA procure novos meios de "supremacia acústica" em tecnologias para detecção de submarinos, afirmou a revista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала