Portugal espera resposta do Iraque em relação a agressores filhos de diplomata

Nos siga noTelegram
Portugal espera a resposta do Iraque quanto ao fato de tentativa de homicídio do rapaz português que foi agredido pelos filhos do embaixador iraquiano, informou o jornal Diário de Notícias.

A família do jovem Rúben Cavaco, que sofreu traumas na cabeça depois de ter sido agredido pelos gêmeos Haider e Ridha, exigirá uma indemnização ao embaixador do Iraque em Portugal, Saad Mohammed Ali, disse o advogado Santana-Maia Leonardo.

A bandeira de Portugal durante manifestações de 25 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
Imunidade diplomática pode não salvar filhos de embaixador iraquiano em Portugal
O rapaz de 15 anos foi levado de Ponte de Sor de helicóptero para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, pouco depois de ter sido espancado e foi colocado em coma induzido.

Além disso, o advogado afirmou que não desistirá da queixa-crime. Os próprios pais de Rúben disseram que a detenção dos agressores não é uma medida suficiente.

Há que lembrar que, segundo o direito internacional, os dois filhos do embaixador têm imunidade diplomática, cujo pedido de levantamento já foi apresentado às autoridades iraquianas.

Os dois rapazes admitiram sua culpa dizendo que não tencionavam ferir ninguém de forma tão grave.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала