Financial Times: EUA e UE já não esperam futuro econômico comum

© flickr.com / akob Huber/ECI Stop TTIP!A UE e os EUA não conseguem alcançar uma solução mutuamente aceitável.
A UE e os EUA não conseguem alcançar uma solução mutuamente aceitável. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O acordo de Parceria Transatlântica em Comércio e Investimento (TTIP) pode tornar-se uma vítima das tensões entre a Europa e os Estados Unidos, algo sem precedentes desde o fim da Segunda Guerra Mundial, escreve o Financial Times.

No início desta semana, o vice-chanceler da Alemanha, Sigmar Gabriel, e o secretário de Estado do Comércio Externo da França, Matthias Fekl, acusaram os EUA de fazerem fracassar as discussões sobre o TTIP. Ainda em 2015 ficou claro que o TTIP passava por algumas dificuldades. Em outubro do ano passado, o Parlamento Europeu declarou que dois anos após o início das negociações, as partes não tinham sido capazes de resolver os problemas complexos.

Ativistas anti-TTIP - Sputnik Brasil
Propostas vazadas mostram que TTIP minará política verde da UE
Há dois fatores que têm um impacto negativo nas negociações sobre o TTIP. O primeiro é que nos países europeus e nos Estados Unidos estão decorrendo campanhas pré-eleitorais. O segundo é o Brexit. A Grã-Bretanha era o maior e mais consistente torcedor do acordo económico transatlântico, diz o Financial Times.

No entanto, a incapacidade de chegar ao acordo sobre o TTIP não é o único sinal do período desfavorável nas relações entre Bruxelas e Washington. Em ambos os lados do Atlântico os políticos acusam-se uns aos outros de protecionismo comercial, populismo e sentimentos chauvinistas. Nos mais altos círculos políticos e empresariais europeus se queixam de que a UE sofre com as sanções ocidentais contra a Rússia, diz o artigo. 

A União Europeia e os Estados Unidos ainda não conseguem alcançar uma solução mutuamente aceitável e isso não ameaça apenas o acordo comercial. As diferenças podem minar a ordem internacional que emergiu após a Segunda Guerra Mundial, da qual depende a prosperidade e a segurança do Ocidente, escreve a revista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала