Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Paralimpíada: Cartilha orienta atendimento a turista com deficiência e mobilidade reduzida

© Divulgação Ministério do TurismoCartilha dá dicas para atender bem turistas com deficiência
Cartilha dá dicas para atender bem turistas com deficiência - Sputnik Brasil
Nos siga no
Com a chegada da Paralimpíada, que começa no dia 7 de setembro no Rio, o Ministério do Turismo lançou um guia com dicas para atender bem aos turistas portadores de deficiências que vierem à cidade para acompanhar os Jogos. A iniciativa tem o objetivo ainda de reforçar a acessibilidade, que é um direito universal.

Nos Jogos Paralímpicos, o atleta refugiado sírio Ibrahim vai competir nos 50 e 100 metros nado livre na classe S10 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Jogos Paralímpicos do Rio terão pela 1ª vez equipe com atletas refugiados
De acordo com o Ministério do Turismo, a cartilha é dirigida especialmente aos prestadores de serviços do setor e faz parte do Plano Nacional de Turismo 2013-2016, que prevê como parte de suas ações a formulação de políticas públicas para o desenvolvimento dos segmentos turísticos de demanda própria como é o caso das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, como grávidas e idosos.

Durante o lançamento do guia, o Secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Hercy Rodrigues destacou a importância de conscientizar o setor em como se comportar em relação ao turista com deficiência, para que ele possa transitar melhor durante seu passeio turístico.

"A intenção do Ministério é auxiliar e valorizar pessoas com deficiência, no sentido de dar a elas condições de transitar e ter sua atividade turística da melhor maneira possível."

A Secretária Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do Ministério da Justiça, Rosinha da Adefal ressaltou as mudanças na inclusão dos deficientes, que os Jogos Paralímpicos vão deixar como legado no país.

"É o legado da mudança cultural, de promover esse respeito. Abre-se através da Paralimpíada a discussão de todos os outros assuntos, acessibilidade ao turismo e ao transporte."

O Ministério do Turismo produziu 35 mil exemplares do guia, que já está sendo distribuído a prestadores de serviço turístico de todo Brasil, com maior foco no Rio de Janeiro de forma a auxiliar os profissionais que estão atendendo os turistas dos Jogos Paralímpicos Rio 2016. 

Outros guias também estão em fase de produção pelo Ministério do Turismo, um direcionado ao atendimento de pessoas idosas e outro voltado ao público LGBT.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала