Banco do BRICS considera que economia russa é estável e tem potencial

© AFP 2022 / Alexander UtkinUma foto tirada no dia 14 de julho de 2015 que mostra uma vista geral da plataforma de lançamento no cosmódromo Vostochny, que está em construção, na região de Amur no Extremo Oriente da Rússia.
Uma foto tirada no dia 14 de julho de 2015 que mostra uma vista geral da plataforma de lançamento no cosmódromo Vostochny, que está em construção, na região de Amur no Extremo Oriente da Rússia. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB na sigla inglesa) do BRICS considera a economia russa como estável e que tem alto potencial de desenvolvimento no futuro próximo, disse o vice-presidente do NDB Zhu Xian à Sputnik na quinta-feira (1).

Nota de cinco dólares em chamas - Sputnik Brasil
'Se BRICS renunciarem ao dólar isso pode levar a consequências geopolíticas catastróficas'
O BRICS é um grupo de cinco economias em desenvolvimento, que compreende mais de um terço da população mundial. Os cinco países têm um PIB conjunto nominal equivalente a cerca de 20 por cento do produto interno bruto mundial.

"O ciclo de negócios desempenha um papel importante na realidade da economia russa. Assim, não devemos ser pessimistas quanto à economia russa. Acredito que a economia russa tem muita resistência <…> e possui um grande potencial" — avisou Zhu Xian.

"Acreditamos que o desenvolvimento do Extremo Oriente é uma das prioridades da Rússia e queremos fazer qualquer contribuição", disse o vice-presidente do NDB.

Zhu Xian acrescentou que ele acredita que a região é atraente para os países vizinhos, como a China, Coreia e Japão, lançando processos de integração regional. A declaração de Zhu vem na véspera do Fórum Econômico Oriental, que começará na sexta-feira (2) na cidade russa de Vladivostok. O fórum, que durará até sábado, deverá atrair cerca de 2.500 participantes de países como China, Japão, Coreia do Sul, Índia, Vietnã, Austrália, Estados Unidos e Singapura.

O NDB foi estabelecido pelo BRICS em julho de 2014 para financiar projetos de infraestruturas e de desenvolvimento sustentável, tanto no BRICS como em outros países em desenvolvimento.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала