- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil

© Sputnik / Mario RussoProtesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um dia após os governos de Venezuela, Bolívia e Equador convocarem seus embaixadores no Brasil, em protesto à aprovação do impeachment de Dilma Rousseff e da posse do presidente Michel Temer, manifestação em frente ao consulado da Venezuela no Centro do Rio reuniu hoje (1) quase uma centena de membros da Juventude do PT e venezuelanos.

Com faixas e cartazes em apoio ao presidente Nicolás Maduro e ao Brasil, e com um poderoso conjunto de bateria e tambores que podiam ser ouvidos a distância, os manifestantes criticaram duramente o que classificaram de “mais um golpe” desferido pelas elites não só contra o Brasil, mas contra toda a América Latina.

Num dado momento, um homem não identificado, chamado aos gritos de "fascista", levou uma rasteira e caiu no chão após fazer provocações e debochar do protesto. De acordo com os manifestantes, o sujeito se dizia seguidor do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e estava há um tempo tentando atrapalhar o ato.

Uma das integrantes da manifestação, Mariana Melo, da Juventude do PT em Maricá (RJ) falou à Sputnik Brasil:

“Esse ato hoje significou a aliança entre o Brasil e a Venezuela para barrar o golpe que está tomando conta da América Latina. Ontem, presenciamos um golpe aqui no Brasil contra a presidenta Dilma, que foi um ato contra a democracia; na Venezuela estão querendo derrubar o presidente Maduro. Esse ato foi para prestar solidariedade à Venezuela para a gente vencer esse retrocesso.”

Mariana diz que os manifestantes integram a Frente Brasil Popular, que recebeu a adesão também de integrantes da Frente Brasil sem Medo. No próximo dia 7, Dia da Independência, haverá outra manifestação pela manhã, a de resistência de minorias, na esquina da Rua Uruguaiana com a Avenida Presidente Vargas.

© Sputnik / Mario RussoProtesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil - Sputnik Brasil
1/3
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
© Sputnik / Mario RussoProtesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil - Sputnik Brasil
2/3
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
© Sputnik / Mario RussoProtesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil - Sputnik Brasil
3/3
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
1/3
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
2/3
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil
3/3
Protesto no Centro do Rio critica golpe e presta solidariedade à Venezuela e ao Brasil

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала