Saudita acusado de ligação ao Daesh queria apenas emagrecer

Nos siga noTelegram
As autoridades da Arábia Saudita detiveram um cidadão do reino que é suspeito de ser membro do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia).

A corte de Riad (capital da Arábia Saudita) acusou o homem de ter relações com terroristas, fornecendo provas de passagem por treinamento em centros clandestinos, que escolhem as pessoas e as ensinam para combater ao lado do Daesh.

A mídia local relata que o saudita passava seu treinamento militar clandestino e planejava ir para o Afeganistão para aderir à célula local do Daesh.

Para ilustração: Túnel feito por terroristas do Daesh no Iraque. Foto de arquivo 8 de junho, 2016 - Sputnik Brasil
Vídeo: Campo secreto de tropas de elite do Daesh
Por seu lado, o homem detido disse à corte que apenas queria emagrecer e por isso usou "o fitness militar". Mas ele não respondeu à pergunta por que tinha escolhido especificamente o centro clandestino do Daesh.

A audiência sobre o caso de "células terroristas" na corte da capital do reino condenou várias pessoas que queriam deixar o país para realizar atividades terroristas. A mídia saudita não informou sobre o destino dos acusados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала