Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA adverte UE contra 'medidas unilaterais' em caso bilionário da Apple na Irlanda

Nos siga no
A Casa Branca advertiu a União Europeia nesta terça-feira (30) contra a tomada de medidas "unilaterais", após Bruxelas ter exigido que a Apple, gigante da tecnologia baseada na Califórnia, devolvesse 13 bilhões de euros (cerca de US$ 14,5 bilhões) relativos a vantagens fiscais concedidas à corporação pela Irlanda.

iPhone - Sputnik Brasil
Mordida da Apple: China contra iPhones em processo de direitos autorais
"Estamos preocupados com uma abordagem unilateral", disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, acrescentando que a decisão da União Europeia contra a companhia norte-americana "ameaça minar o progresso que temos feito em colaboração com os europeus para tornar justo o sistema internacional de tributação".

"Esta prática é ilegal de acordo com as normas da UE em termos de ajudas do Estado, já que permitiu à Apple pagar muito menos impostos que as demais empresas sobre praticamente a totalidade dos lucros gerados por suas vendas na UE", explicou a Comissão Europeia, acrescentando que "a Irlanda deve agora recuperar os impostos não pagos pela Apple em seu território entre 2003 e 2014, a saber, 13 bilhões de euros mais os juros".

O governo da Irlanda e a Apple anunciaram que pretendem recorrer da decisão da Comissão Europeia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала