Mídia alemã ironiza sobre dois militares dos EUA que se perderam na Europa

© AFP 2022 / ALI AL-SAADIMilitares norte-americanos
Militares norte-americanos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dois militares de elite dos EUA se perderam na Europa confundindo o Liechtenstein (um minúsculo principado localizado no centro da Europa) e Lichtenstein (um município da Alemanha, no distrito de Reutlingen), escreve o Deutsche Wirtschafts Nachrichten.

Navios militares dos EUA, USS Bonhomme Richard (primeiro de baixo), e USS Boxer (segundo de cima),  participam de exercícios navais com grupo de pronta-resposta da Unidade Anfíbia da Coreia do Sul, em Ssang Yong, 8 de março de 2016 - Sputnik Brasil
EUA, Coreia do Sul e Canadá começam exercícios no Pacífico com 75.000 militares
A mídia assinala que os militares se enganaram no ponto de destino em 600 km. Eles perceberam seu erro graças ao proprietário de uma loja de bonecos e brinquedos na Lichtenstein alemã.

Numa entrevista à mídia local, o homem contou que dois soldados americanos se aproximaram dele e perguntaram onde ficava essa cidade? Ele respondeu-lhes que era a cidade certa.

Segundo ele, os militares, depois de manobras na base aérea de Ramstein (uma base da Força Aérea dos Estados Unidos no estado alemão da Renânia-Palatinado), queriam ir viajar pelo mundo. O minúsculo principado do Liechtenstein devia se tornar em seu primeiro ponto de destino.

O homem proprietário da loja alimentou-os e levou-os para a estação de trens da cidade de Zwickau e fê-los partir para a destino correto.

"Esperamos que os militares americanos da base Ramstein usem para suas missões uma navegação mais precisa", ironiza a edição.

O DWN ressalta que o nome do principado e o nome da cidade alemã se escrevem de forma diferente e se distinguem apenas por uma única letra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала