Interpol recusa pedido de inquérito contra chefes das repúblicas de Lugansk e Donetsk

© AP Photo / Laurent CiprianiInterpol.
Interpol. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Interpol rejeitou o pedido de Kiev para abertura de inquérito contra chefes das autoproclamadas repúblicas de Lugansk e Donetsk, Igor Plotnitsky e Aleksandr Zakharchenko, informa o chefe da Interpol na Ucrânia Vasily Nevolya em entrevista à Segodnya.

"Receberam [pedidos de inquérito], mas rejeitaram", declarou Nevolya.

Donald Trump escuta o discurso do seu filho, Eric Trump, na escola, 2 de agosto de 2016, Virginia - Sputnik Brasil
'O Elefante e o Pug': Kiev atrapalha ativamente Trump nos EUA
Segundo a mídia, a Interpol também não declarou os nomes dos líderes da milícia de Donbass – comandante do batalhão "Sparta" Arseny Pavlov (conhecido como "Motorola"), Igor Girkin (Strelkov) e Igor Bezler. 

"A Interpol não questiona a gravidade das acusações, mas segue a lei e não a infringe", afirmou ele.

Kiev suspeita que líderes das repúblicas separatistas estejam criando uma organização terrorista e violando a integridade territorial do país, sendo estes os motivos para abertura de inquérito.

O artigo 3 da Carta da organização da Interpol proíbe qualquer intervenção nos assuntos políticos, militares e de caráter religioso ou racial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала