China fecha fábricas e impõe férias obrigatórias para ter céus azuis na cúpula do G20

© AFP 2022 / Partrick KovarikPoluição atmosférica na China.
Poluição atmosférica na China. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As autoridades chinesas fecharam várias fábricas e impuseram férias obrigatórias aos trabalhadores às vésperas da cúpula do G20 em Hangzhou, no leste do país, a fim de reduzir a poluição e garantir a previsão de céus azuis durante a reunião de líderes.

Brexit - Sputnik Brasil
Brexit é foco da reunião do G20 na China
A administração de Hangzhou, onde o G20 se reunirá nos dias 4 e 5 de setembro, impôs férias às empresas no centro da cidade entre os dias 1º e 7 de setembro, de acordo com um comunicado oficial postado nas redes sociais nesta segunda-feira (29).

As autoridades locais também têm incentivado os cidadãos a deixar a cidade durante suas férias, na esperança de reduzir o congestionamento. 

Além do feriado obrigatório, algumas fábricas em um raio de 300 quilômetros de Hangzhou foram obrigadas a fechar as portas por 12 dias a fim de garantir um horizonte livre de nuvens de poluição na recepção aos representantes das 20 maiores economias desenvolvidas e emergentes do mundo, de acordo com sites do governo chinês.

A medida diz respeito às fábricas de produtos químicos, às fábricas de materiais de construção e aos fabricantes de têxteis que se estendem até Xangai e quatro províncias.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала