Ex-chefe da inteligência turca: fui mediador entre Turquia e Síria

Nos siga noTelegram
A mídia árabe discute sobre conversas secretas entre Síria e Turquia realizadas em prol da restauração das relações bilaterais. Em entrevista à Sputnik o ex-chefe da inteligência, Ismail Hakki Pekin, contou sobre as discursões.

Turkish Defense Minister Fikri Isik arrives for a meeting at NATO headquarters in Brussels on June 14, 2016 - Sputnik Brasil
Turquia anuncia condições de retirada da Síria
Ismail Hakki Pekin disse que não mantinha conversas secretas com representante turco, mas que desempenhava papel de mediador durante as reuniões das delegações sírias e turcas.

"Participei de cinco reuniões entre a Turquia e a Síria, que foram realizadas a fim de avaliar a situação geral e as perspectivas para instauração das relações turco-sírias bilaterais. Antes da realização das reuniões, eu discutia com o chanceler turco sobre os pontos que deveriam ser discutidos no decorrer do encontro com o representante da Síria”, relatou o militar turco.

Ismail Hakki Pekin falou também sobre o conteúdo das discursões: as partes discutiam sobre a situação na Síria, relacionada à segurança da população, sobre a instauração das relações entre os países e sobre a realização de trabalho conjunto em favor da segurança regional.

O Ex-chefe da inteligência turca assinalou que há entendimento entre as partes, frisando a importância da realização de negociações entre os países sobre estes assuntos a nível mais baixo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала