Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Curdos sobre a entrada de tropas turcas: 'Vamos forçá-los a sair do nosso território'

© AP Photo / STRINGERVista da cidade síria Jarablus feita a partir da cidade turca de Karkamis
Vista da cidade síria Jarablus feita a partir da cidade turca de Karkamis - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Partido de União Democrática curdo exige a retirada imediata das forças turcas da Síria depois de Ancara ter lançado uma operação para liberar a cidade de Jarablus do Daesh (organização terrorista, proibido na Rússia).

Avião norte-americano decola da base aérea Incirlik, na Turquia - Sputnik Brasil
Aviões da Turquia atacam Daesh no norte da Síria
Khaled Isa, o representante do Partido de União Democrática curdo (PYD na sigla em curdo) na França compartilhou com a Sputnik a sua opinião na quarta-feira (24):

"A Turquia está tentando transformar a sua ocupação indireta na Síria em uma ocupação direta", disse Khaled Isa. "Exigimos que a Turquia abandone imediatamente o território da Síria e deixe de apoiar grupos terroristas na Síria, caso contrário vamos forçá-los a sair do nosso território".

Outro especialista, Erman Cete, editor do portal informativo Sol Haber, acha que a presença turca na síria é um problema turco tanto na Turquia, como na Síria. A entrada das tropas turcas, segundo acreditam o Partido de União Democrática e as Unidades de Proteção Popular (YPG), viola a soberania do país. Entretanto, existe a opinião que os EUA apresentaram uma série de exigências quanto à repressão dos curdos em troca de ajuda militar.

"<…> Os americanos estão tomando medidas para que os curdos se sintam cercados, isolados e que concordem em negociar com o lado americano as questões que correspondem aos interesses de Washington", disse Erman Cete.

Vista da uma localidade perto de Jarablus em 24 de agosto de 2016, depois do início da operação turca - Sputnik Brasil
Opinião: operação turca na Síria viola soberania
Ancara considera o PYD um afiliado do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), organização considerada ilegal na Turquia.

Ancara anunciou nesta quarta-feira que as forças turcas, apoiadas pela coligação liderada pelos EUA, começaram uma operação militar para limpara a cidade de fronteira de Jarablus dos militantes do Daesh.

A operação turca no norte da Síria é destinada a reprimir as ameaças representadas pelo Daesh e pelos militantes curdos, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала