Moscou pede ao Ocidente menos 'histeria informacional' sobre a Síria

© Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia / Abrir o banco de imagensUm bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Moscou está propondo aos seus parceiros internacionais que abandonem a “retórica destrutiva” e a “histeria informacional” sobre a Síria, e oferece em troca o estabelecimento de uma “cooperação confiável e eficiente” na luta antiterrorista, segundo disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia nesta terça-feira (23).

"Ao propor aos nossos parceiros norte-americanos e aos outros que abandonem a retórica destrutiva, reafirmamos a nossa disponibilidade para continuar a cooperação confiável e eficiente na luta contra a ameaça terrorista universal na Síria e na região", disse o ministério em um comunicado.

Navio russo efetua lançamento de mísseis de cruzeiro - Sputnik Brasil
Mídia sueca cria histeria sobre 'ameaça russa'
A pasta também refutou todas as reivindicações de que a Rússia deveria ser responsabilizada pela violência contínua na Síria por que seus ataques aéreos alegadamente estariam destruindo infraestruturas civis e matando civis inocentes no país do Oriente Médio.

"Esta histeria informacional exagerada e sem fundamentos está, obviamente, perseguindo objetivos políticos concretos", sublinhou a chancelaria russa.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала