OTAN intercepta avião russo no mar Báltico

Nos siga noTelegram
A missão da OTAN de patrulha aérea do mar Báltico na Lituânia interceptou um avião militar russo voando sobre o mar Báltico na semana passada, segundo informou nesta segunda-feira (22) o Ministério da Defesa Nacional da Lituânia.

"Entre 15 e 21 de agosto aeronaves de combate conduzindo a Missão de Policiamento Aéreo da OTAN sobre os Estados Bálticos foram mobilizados uma vez para identificar e escoltar aviões militares da Federação Russa voando no espaço aéreo internacional sobre o mar Báltico", disse o ministério em um comunicado.

Helicóptero Mi-35 da infantaria naval das forças costeiras da Marinha da Rússia durante exercícios Derby Báltico-2015, na região de Kaliningrado - Sputnik Brasil
Moscou propõe à OTAN jogar aberto no Báltico
Segundo a nota, o avião de transporte Antonov An-26, que foi interceptado em 16 de agosto, não tinha apresentado previamente seu plano de vôo. A aeronave russa manteve comunicação por rádio com o controle de tráfego aéreo, mas manteve seu transponder (responsável pela identificação remota do avião) desligado, de acordo com a pasta.

Os três Estados bálticos (Letônia, Estônia e Lituânia) não possuem capacidades de patrulha aérea. Desde a adesão à OTAN em 2004, o espaço aéreo dos três países tem sido vigiado por uma missão rotativa da Aliança. A missão atual está sendo realizada por Portugal e Reino Unido; França e Alemanha assumirão a responsabilidade em setembro.

O Ministério da Defesa russo declara regularmente que seus vôos são realizados em estrita conformidade com as normas internacionais sobre o uso do espaço aéreo sobre águas neutras.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала