Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo mandará Lei Orçamentária ao Congresso até 31 de agosto

© Marcelo Camargo/Agência BrasilHenrique Meirelles concede primeira entrevista coletiva como ministro da Fazenda
Henrique Meirelles concede primeira entrevista coletiva como ministro da Fazenda - Sputnik Brasil
Nos siga no
O governo deverá enviar ao Congresso, até 31 de agosto, o projeto de Lei Orçamentária para o ano de 2017. Este projeto trabalha com a projeção de sinais de recuperação da economia, o que levou o governo a aumentar a previsão de crescimento para 2017.

A estimativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) passou de 1,2% para 1,6% para o próximo ano conforme revelado na semana passada pelo Secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Carlos Hamilton Araújo. A projeção para inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi mantida em 4,8%.

De acordo com o Secretário, o governo só divulgará o reflexo do aumento do crescimento econômico na arrecadação federal no envio do projeto. Caso as receitas subam mais que o esperado, o governo não teria de aumentar tributos para reforçar o caixa no próximo ano e cumprir a meta de déficit primário (resultado negativo nas contas públicas desconsiderando o pagamento de juros) de R$ 139 bilhões em 2017.

Presidente interino da República Federativa do Brasil Michel Temer - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Governo Temer comemora 1ª vitória
Por sinal, o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, declarou à mais recente edição da Revista Veja que, no momento, o aumento de impostos está descartado e que esta seria a última alternativa a ser considerada pelo governo.

Na mesma entrevista, Meirelles renovou sua confiança na compreensão pelo Congresso Nacional da necessidade de aprovação do ajuste fiscal proposto pelo governo, descartou os rumores de que poderá lançar sua candidatura à Presidência da República em 2018 e disse que sua única candidatura é à recuperação da economia do Brasil. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала