EUA são cansados da 'histeria de Kiev', diz parlamentar russo

© Sputnik / Mikhail Palinchak / Abrir o banco de imagensPresidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko junto com Nadezhda Savchenko depois do retorno dela a Kiev, 25 de maio 2016
Presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko junto com Nadezhda Savchenko depois do retorno dela a Kiev, 25 de maio 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Aleksei Pushkov, presidente do Comitê de Assuntos Internacionais da Duma de Estado da Rússia (câmara baixa do parlamento), comentou a declaração do Pentágono endereçada às autoridades ucranianas sobre o movimento de tropas russas na Crimeia e perto da fronteira com a Ucrânia, sublinhando que os EUA estão cansados da “histeria de Kiev”.

Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA - Sputnik Brasil
Pentágono não acredita que Rússia ataque Ucrânia
Anteriormente o porta-voz do Pentágono, capitão Jeff Davis, afirmou que o movimento de tropas russas na Crimeia e na fronteira com a Ucrânia não deve ser visto como sinal de preparação de invasão. 

"Nós não vemos aquele ‘unicórnio’ que muitos perseguem, aquela ideia de que deve acontecer um aumento de forças em massa e em curto prazo ou sua deslocação", disse ele citado pela AFP.

O representante do Pentágono sublinhou que o movimento de tropas russas observado neste momento está ligado aos exercícios militares que terão lugar em breve nesta zona.

"O Ministério [Secretaria] da Defesa dos EUA apelou a Kiev para não buscar um 'unicórnio' perto das suas fronteiras, ou seja, a ameaça de uma invasão russa. Parece que nos EUA já estão cansados da histeria de Kiev", escreveu Pushkov no seu Twitter. 

​Nesta quinta-feira (18) o presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko informou sobre a possibilidade de uma "invasão russa de envergadura em todos os azimutes", prometendo "dar resposta".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала