Tentativa de golpe na Turquia: 18 funcionários do gabinete do primeiro-ministro são presos

© AFP 2022 / OZAN KOSE / AFPMilitar da Turquia
Militar da Turquia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A justiça da Turquia determinou a detenção de 18 funcionários da chancelaria do primeiro-ministro do país, no âmbito da investigação da tentativa de golpe de Estado no país, informou a agência Anadolu.

Grande bandeira da Turquia - Sputnik Brasil
Chanceler turco: Rússia foi a primeira a descobrir ameaça proveniente de Gulen
A imprensa turca informou que, após a tentativa fracassada de golpe de Estado, mais de 250 funcionários do gabinete do premiê foram afastados dos seus cargos. 

Na noite de 15 de julho, grupos de insurgentes armados realizaram uma tentativa de golpe militar na Turquia. Os principais conflitos aconteceram em Ancara e em Istambul. Morreram 246 cidadãos, mas o número de baixas entre os insurgentes ainda não foi revelado. Mais de 2 mil pessoas ficaram feridas. O golpe foi suprimido.

As autoridades da Turquia acusaram o clérigo muçulmano, Fethullah Gulen, de ter organizado o golpe e exigiram sua extradição dos EUA. Gulen condenou o golpe e negou seu envolvimento com os insurgentes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала