Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Momentos curiosos da Rio 2016 e sua repercussão nas redes sociais

© AFP 2021 / POOLDavid Katoatau, halterofilista de Kiribati
David Katoatau, halterofilista de Kiribati - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os Jogos Rio 2016 ainda não terminaram mas já estão deixando saudade com seus momentos para lá de curiosos, devidamente reproduzidos, enaltecidos e zoados nas redes sociais. A Sputnik preparou uma lista com alguns desses episódios que, certamente, continuarão sendo comentados por um bom tempo.

No melhor espírito olímpico, o halterofilista de Kiribati David Katoatau contagiou o público brasileiro com a sua tradicional dancinha pós-levantamento de peso. Mesmo tendo levantado 349 kg e dançado muito bem, Katoatau ficou apenas com o sexto lugar na disputa da sua categoria. Mas não há dúvidas de que superou todos os seus concorrentes no quesito animação.

Outra atleta que chamou muita atenção com sua reação após uma competição foi a nadadora Fu Yuanhui, da China, que conquistou uma medalha de bronze nos 100 m costas e só foi descobrir durante uma entrevista para a TV chinesa. Que espontaneidade!

via GIPHY

No atletismo, o brasileiro João Vitor de Oliveira lançou uma nova moda ao mergulhar para a classificação na seletiva dos 100 m com barreiras. O gesto foi tão bem sucedido que acabou sendo repetido, mais tarde, na final feminina dos 400 metros rasos, o que valeu o ouro para Shaunae Miller, das Bahamas.

Pivôs de uma grande dor de cabeça para os organizadores dos Jogos antes do início das Olimpíadas, os australianos voltaram aos holofotes dos memes com a capitã da sua seleção de futebol feminino, Lisa Maria De Vanna. Na partida vencida pelo Brasil nos pênaltis, nas quartas de final, De Vanna estava tão tensa que até beber água se tornou uma das missões mais difíceis do mundo. Felizmente, uma de suas companheiras, Elise Kellond-Knight, estava lá para ajudá-la nessa complicada tarefa.

Também no mundo do futebol, mas na modalidade masculina, rolou esse gol nada convencional da equipe de Honduras contra a Argélia, em partida válida pela primeira rodada do grupo D. Muita gente ainda não conseguiu entender qual era a intenção do goleirão argelino Farid Chaâl naquele lance.

Vale lembrar que, não satisfeito com sua lambança, Chaâl voltou a fazer outra esquisitice pouco tempo depois, o que resultou no terceiro gol dos hondurenhos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала