Enchentes provocaram morte de 100 pessoas no Sudão

© AFP 2022 / Isam Al-HajEnchentes no Sudão em 2007 (arquivo)
Enchentes no Sudão em 2007 (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Enchentes no Sudão, provocadas por fortes chuvas que já duram duas semanas, provocaram a morte de pelo menos 100 pessoas e destruíram milhares de casas.

An employee cleans a board during the preparations for the BRICS summit in Ufa, Russia, July 7, 2015. - Sputnik Brasil
Sudão quer entrar no BRICS como observador
O estado de Kassala, na fronteira com Eritreia, foi o mais afetado. As duas semanas de fortes chuvas e de enchentes destruíram 8 mil casas e provocaram 25 mortes, segundo informou a agência France Presse, que teve acesso aos dados da Cruz Vermelha no país. 

Os estados de Senar, Cordofão do Sul, Cordofão Ocidental e Darfur do Norte também foram afetados. Mais de 13 mil casas ficaram destruídas e mais de 122 mil pessoas ficaram desabrigadas. 

A imprensa local informou que o trasbordamento do Rio Mareb (também conhecido como Rio Gash) alagou diversos vilarejos e a população está sendo evacuada para as regiões vizinhas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала