Moscou espera que Ocidente convença Kiev a parar com as provocações

© Sputnik / Vladimir Sergeev / Abrir o banco de imagensLua no fundo da Torre Spasskaya de Kremlin de Moscou
Lua no fundo da Torre Spasskaya de Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia se manifestou hoje (11) sobre o incidente com terroristas ucranianos na Crimeia, emitindo um apelo para que o Ocidente demonstre bom senso e convença Kiev a parar com as provocações.

"Exortamos os nossos parceiros, cujas esforços são em grande parte responsáveis por manter o atual regime de Kiev no poder, a demonstrarem o bom senso e  agirem, finalmente, junto aos seus protegidos ucranianos, para alcançar o fim das constantes provocações e o cumprimento de suas obrigações em conformidade com os Acordos de Minsk sobre a regulação política na Ucrânia" – diz o comunicado da chancelaria russa.

Reunião do Conselho de Segurança da ONU - Sputnik Brasil
Ucrânia recorre ao Conselho de Segurança da ONU após incidente na Crimeia
Na quarta-feira (10), o Serviço de Segurança da Rússia informou ter interceptado e neutralizado um grupo de homens, ligados ao Ministério da Defesa da Ucrânia, que pretendia realizar atentados terroristas na Crimeia. Durante a ação, sete pessoas foram presas e dois agentes russos morreram.

Um dos líderes do grupo, Evgeniy Panov, revelou pertencer à Superintendência Central da Inteligência do Ministério da Defesa da Ucrânia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала