Congressistas confirmam que Comando Central dos EUA falsificou dados sobre Daesh

© Sputnik / David B. GleasonPentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA
Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grupo de congressistas republicanos confirmou que o Comando Central dos Estados Unidos (CentCom) falsificou dados para apresentar o "sucesso da operação" contra as organizações terroristas Daesh e Al Qaeda, informou nesta quarta (10), o jornal Daily Beast, citando três deputados.

Os legisladores planejam publicar nesta semana um relatório de dez páginas sobre a falsificação dos dados.

"A investigação, que durou cinco meses, confirmou as denuncias de analistas sobre a pressão feita pelos chefes do CentCom para que, nos dados, fosse especificada que a ameaça do Daesh (grupo proibido na Rússia) não era tão terrível como pensavam", disseram as fontes ao jornal.

Casa Branca - Sputnik Brasil
Obama alega 'segurança nacional' dos EUA para bombardear o Daesh na Líbia
Em 10 de setembro de 2015, o jornal revelou que 50 analistas do CentCom afirmaram que trabalho deles foi censurado, chegando a relatar sobre isso ao Inspetor Geral do Pentágono.

Um dos congressistas sublinhou que "a investigação continua, mas o relatório confirma as declarações de que os dados da inteligência foram falsificados".

O CentCom não se pronunciou sobre o relatório, alegando não ter recebido o mesmo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала