Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia e Síria concluem acordo sobre uso permanente da base de Hmeymim

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensAvião Su-34 levanta voo na base aérea de Hmeymim, Síria, maio de 2016
Avião Su-34 levanta voo na base aérea de Hmeymim, Síria, maio de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O acordo sobre a permanência do grupo aéreo russo na base síria de Hmeymim acaba de ser submetido ao parlamento russo.

Soldados britânicos atuando na Síria - Sputnik Brasil
Confiram imagens exclusivas do exército britânico na Síria
O presidente russo Vladimir Putin entregou para ratificação na Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) o acordo sobre o grupo aéreo das Forças Armadas da Rússia na Síria, diz-se no site da Duma de Estado.

O governo russo havia aprovado antes o acordo e apresentado o documento ao presidente russo Vladimir Putin.

O representante do presidente russo, responsável pela assinatura do acordo, é o vice-ministro da Defesa da Rússia, Nikolai Pankov.

O presidente do Comitê da Defesa da Duma de Estado, Vladimir Komoedov, afirmou que o comitê apoiará o acordo.

"O Comitê de Defesa apoiará o acordo e vai manifestar-se pela sua ratificação. A situação de instabilidade permanecerá na Síria ainda por mais tempo. Por isso, é necessário manter as forças em estado de prontidão. Sempre tivemos Tartus como um ponto de abastecimento da nossa Marinha no mar Mediterrâneo. Agora, além de Tartus teremos Hmeymim", disse o deputado.

Bairro Saif Al Dawla da cidade de Aleppo (Síria) - foto de arquivo - Sputnik Brasil
Terroristas atacam aeroporto e academia de artilharia na Síria
Segundo Komoedov, os componentes marítimo e aéreo são uma combinação perfeita para a defesa da Síria.

"Estamos prestes a prestar ajuda aos sírios na restauração do seu país no quadro do seu território", concluiu.

A Rússia e a Síria tinham tornado pública a intenção de concluir um acordo sobre a permanência do grupo aéreo russo na Síria por tempo indeterminado. Conforme o acordo, o aeródromo de Hmeymim, com toda a sua infraestrutura e território nos seus arredores, são cedidos à Rússia de forma gratuita.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала