Putin: Rússia ajudou a libertar norte-americano na Síria por motivos humanitários

© Sputnik / Michael Klimentyev / Abrir o banco de imagensPresidente da Russia Vladimir Putin
Presidente da Russia Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta terça-feira (9) que o país ajudou a libertar um cidadão norte-americano na Síria por motivos humanitários e não em uma operação especial.

"Faz alguns meses os Estados Unidos nos pediram ajuda para libertar um cidadãos de seu país que se encontrava no território da Síria, em seguida realizamos o trabalho, que não foi uma operação especial, acordamos isso com as autoridades sírias, encontramos a pessoa e entregamos aos EUA", disse Putin.

O líder russo destacou que a liberação sem nenhum tipo de pagamento. 

"Se existe a possibilidade de ajudar as pessoas que se encontram em uma situação tão complicada como este cidadão norte-americano estamos dispostos a fazê-lo em qualquer país", afirmou o líder russo. 

Putin ainda comentou que espera que os parceiros da Rússia ajam da mesma maneira. 

No início de abril as autoridades da Síria, com a ajuda da mediação russa, libertaram um fotógrafo norte-americano de 33 anos, Kevin Patrick Dawes, preso desde setembro de 2012 após tentar entrar no país árabe de forma ilegal.  

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала