Liberação de Mossul será chefiada por famoso general iraniano

© AFP 2022 / SAFIN HAMED / AFP Iraque - Mossul
Iraque - Mossul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O general iraniano Quasem Soleimani vai liderar a operação de liberação da cidade iraquiana de Mossul, bastião do Daesh (organização terrorista, proibido na Rússia), informa a edição russa Izvestiya, citando fontes nos círculos da política externa iraquiana.

Simpatizantes realizam passeata em apoio ao Estado Islâmico em Mosul, no Iraque - Sputnik Brasil
Iraque: comandantes do Daesh fogem de Mossul para a Síria
No entanto, a chancelaria do Irã diz que o general não se encontra pessoalmente na zona das operações antiterroristas.

De acordo com a edição, a liberação de Mossul será realizada antes do fim deste ano. As forças que participam da ofensiva já tomaram suas posições, faltam poucos dias para se iniciar a operação.

"Os militares iranianos participam da operação de liberação do Iraque de terroristas por convite oficial das autoridades iraquianas… Quasem Soleimani é um militar experiente, que tem prestígio em todo mundo, praticamente no que toca a crise síria. Ele já chegou ao Iraque a pedido das autoridades oficiais do país", disse a fonte da edição Izvestiya.

O conselheiro do chanceler iraniano desmentiu a informação:

"Pessoalmente Soleimani não participa das operações de combate e não está sequer em território sírio, nem iraquiano, nem em outras zonas das operações antiterroristas".

Antenas parabólicas, Mossul - Sputnik Brasil
ONU: Ofensiva contra Mossul custará quase 2 bilhões de dólares
Teerã começou apoiando Bagdá na luta contra o terrorismo em 2014, a pedido oficial das autoridades iraquianas, quando Mossul caiu perante as ofensivas dos radicais. O Irã começou fornecendo armas ao Iraque e no campo de batalha apareceram, de acordo com alguns dados, centenas de conselheiros militares chefiados por Soleimani, comandante da Força Quds, uma unidade de elite da Guarda Revolucionária Iraniana.

Mossul é uma das maiores cidades iraquianas, com população de mais de 500 mil habitantes. A operação de liberação da cidade será realizada por tropas iraquianas, destacamentos curdos de Peshmerga e tropas irregulares xiitas. Os militares continuam se preparando para a ofensiva.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала